janeiro 02, 2009

e a 31 de Dezembro de 2008...

...para que o ano não começasse tão mal para ele como estava a ser o final de 2008, pedi ao veterinário que o enviasse rapidamente para o paraíso dos gatos. Escreveu-me ontem para me dizer que lá no paraíso felino voltou a ter saúde e recuperou os tintins que eu, maldosa e egoistamente, lhe tinha mandado retirar aos 10 meses. Explicou-me que, apesar disso, não me tem rancor. Desde que lá chegou, ainda não parou de comer gatas a sério, pelo que agradece. Fiquei aliviada.





Era lindo, não era? Mesmo, mesmo!

10 comentários:

Pedro disse...

Era. É!
Abraço!

Teresa disse...

Lindo, lindo, lindo, o Gaston - e eu conheci-o.
Agora está à tua espera junto da Rainbow Bridge, you'll meet again.

Não consigo dizer mais nada, desculpa. Até andava com medo de te telefonar a pedir notícias, depois da nossa conversa de dia 31... o dia.

Um beijo enorme.

Teresa disse...

E é o peluche mais lindo da estante! É que nem se compara!

Alf disse...

Longa vida ao Gaston! Lá, no reino dos gatos.

Van Dog disse...

Lindo. E que bom estar-se a dar tão bem no paraíso.

carlos disse...

O Gaston era giro e único, sim senhora...
E já pensaste em abrir aqui concurso para escolher nome do/da próximo??

Eu sugiro desde já Aníbal ou Isménia... :D

CoRa disse...

Puxa... Lindo é pouco... :o(
Sinto por ti, porque tb perdi meu Alfie há pouco e outros antes... mas a dor é sempre igual e aguda. Que 2009 sopre-lhe a ferida e dê a si outros novos motivos felinos para sorrir, além dos bons momentos com o Gaston a lembrar.
beijinhos solidários

Mad disse...

Bolas. Beijinhos, miúda.

Di Napoli disse...

Eu não te disse que ele ia para lá "dominar a cena"? Eu disse... :)
Um Beijo, e muita Força!
Pedro.

ana v. disse...

Este gato era conde, no mínimo... nunca vi um olhar tão snob num animal, TCL. Lindo!